sexta-feira, 30 de junho de 2017

A CRISE E O MERCADO DE TRABALHO



A CRISE E O MERCADO DE TRABALHO
Denize Vicente - Cidade Maravilhosa/RJ

Tive um colega nos tempos de colégio que se chamava Eliseu. Eu achava esse nome tão diferente! Não conhecia nenhuma outra pessoa com o mesmo nome e por isso nem podia dizer se o nome combinava ou não combinava com o dono. Sim, eu sou dessas. Conheço a pessoa e com base nas outras que já conheci com o mesmo nome fico pensando se a pessoa que está ali combina ou não com o nome que tem. E não me condene. Cada louco com sua mania, ué. Você tem as suas também, pode confessar... 



A Bíblia conta várias histórias de um homem que também se chamava Eliseu. A não ser por desenhos e ilustrações, eu nunca vi o rosto desse moço, que viveu muitos, muitos e muitos anos antes de mim e morreu quando eu ainda nem sonhava nascer.

O interessante é que algumas pessoas têm uma vida tão marcante que as histórias que ela protagonizou e as coisas que fez permanecem vivas mesmo quando as próprias pessoas já não vivem mais... É o caso de Eliseu, o moço que foi discípulo de um outro notável, chamado Elias.

Eliseu foi um profeta, sabe? Uma vez foram falar com ele de uns problemas que a CEDAE da época não estava resolvendo. Na verdade, era alguma coisa bem pior. A água da cidade (Jericó) era péssima, não prestava mesmo. Pra você ter ideia, costumam dizer que o Brasil é terra boa, em que se plantando tudo dá. Pois lá era assim: a terra era improdutiva porque a água era “má”, como eles diziam; e nada nascia, nada crescia. Há traduções da Bíblia que dizem que a água provocava abortos! Tenso.

Eliseu ouviu, pensou, pediu que eles fizessem a parte deles (que era levar um pouco de sal numa tigela nova). Aí, foi até a nascente daquelas águas, jogou o sal... e sabe o que aconteceu? “E até hoje a água permanece pura, conforme a palavra de Eliseu.” (II Reis 2:22 - NVI)


Como eu imagino as águas "puras para sempre"...
 
Antes que você siga seu caminho de hoje achando que Eliseu era “o cara”, vou lhe dizer uma coisa e perdoe-me se vou desapontar você: não; ele não era “o cara”. Ele era profeta e servia Àquele que, sim, era “O cara”. Porque se você voltar um pouquinho a leitura e der uma olhadinha lá no verso 21, vai ver o detalhe da história toda, a “mágica” que fez as águas se tornarem puras para sempre: ele foi à nascente, jogou o sal ali e disse: “Assim diz o Senhor: ‘Purifiquei esta água. Não causará mais mortes nem deixará a terra improdutiva’.”. (II Reis 2:22)

Aaaaah!! Copiou? Não foi Eliseu quem disse “purifiquei esta água...”. Eliseu apenas reproduziu as palavras do seu Chefe; ele verbalizou as palavras do Mestre, enquanto milagrosamente fazia a limpeza das águas, resolvendo de uma vez por todas o problema da qualidade dos recursos hídricos daquela cidade. Água potável, terra produtiva, crianças saudáveis, tudo de uma vez, porque “assim disse o Senhor”.
 
Incrível, não é? Eliseu fazia as coisas que fazia porque era um instrumento do Deus dele - o Todo-Poderoso, que limpa as águas, salva vidas, faz nascer e crescer, e para quem nada é impossível.

Geral costuma dizer que esse foi “o primeiro milagre de Eliseu”, mas eu me dou o direito de pensar que essa foi “a primeira demonstração pública de parceria entre Eliseu e Deus”. E isso marcou a vida de muita gente, de muitas gerações.

Você tem um currículo, aí? As inscrições pra uma parceria moderna estão abertas. Não sei quais são os milagres que a sua vida, a sua cidade, os seus amigos precisam, mas, se você decidir trabalhar com o Deus que tudo pode, tem a chance de se tornar um instrumento do Seu trabalho e abençoar vidas, também, inclusive a sua! Ele não exige experiência, nem títulos nem Q.I. (sabe aquele tal de “Quem Indica”? Pois é... não precisa). Para constar no currículo, a única exigência é disponibilidade de horário, pra que Ele possa contar com você a qualquer momento. E às vezes, não parece, mas muita gente desiste só por causa disso... e ainda coloca a culpa na crise.
 




quinta-feira, 29 de junho de 2017

CONSELHOS


CONSELHOS

Meus irmãos, sintam-se felizes quando passarem por todo tipo de aflições. Pois vocês sabem que, quando a sua fé vence essas provações, ela produz perseverança. Que essa perseverança seja perfeita a fim de que vocês sejam maduros e corretos, não falhando em nada! Mas, se alguém tem falta de sabedoria, peça a Deus, e ele a dará porque é generoso e dá com bondade a todos. Porém peçam com fé e não duvidem de modo nenhum, pois quem duvida é como as ondas do mar, que o vento leva de um lado para o outro. Quem é assim não pense que vai receber alguma coisa do Senhor, pois não tem firmeza e nunca sabe o que deve fazer.”
‭‭Tiago‬ ‭1:2-8‬ ‭NTLH‬‬

quarta-feira, 28 de junho de 2017

FROZEN

FROZEN
João Octávio Barbosa – Bento Ribeiro City - RJ

Let it go, Let it go, quase nada falei e você já pensou. Se você está entrando no nosso blog pela primeira vez hoje, saiba que toda quarta-feira tem esta coluna, ALERTA DE SPOILER, que comenta sobre um filme ou programa de TV, fazendo uma analogia no final com algo de caráter mais espiritual.

Obviamente, trabalhamos em cima de spoilers. Hoje, o primeiro foi o parágrafo acima, “spoileando” a própria coluna, inclusive. “Frozen” é o tema do dia. Animação da Disney, maior bilheteria mundial de seu gênero, essa adaptação do conto dinamarquês “A Rainha da Neve” estreou nos cinemas em 2013 e arrastou uma legião de fãs, criando uma nova franquia para o fanatismo infantil.


O roteiro gira em torno da relação de duas irmãs princesas escandinavas, sendo uma delas, Elsa, possuidora de poderes especiais relacionados ao gelo, neve e frio. Uma X-Man da Noruega. Por não ter total controle dos seus poderes, ela acaba se afastando da família. Ana, sua irmã, percorre longas jornadas em sua busca.

Em meio a muitos problemas e personagens secundários, conhecemos Olaf, e nele quero me concentrar nos próximos momentos. Olaf é um boneco de neve que ganha vida graças a Elsa. E o mais interessante a respeito dele é seu inocente desejo de ir para alguma região quente, de calor (algo nunca experimentado antes pela sua constante proximidade com Elsa, que torna congelantes todos os lugares em que passa).


O problema que Olaf ignora é que, por ser um boneco de neve, ele não resistiria com vida a algum lugar quente! Pobre Olaf... seu maior sonho é uma condenação à morte. Isso me faz lembrar daquela frase que talvez você já tenha ouvido: “Cuidado com o que você deseja; você pode acabar conseguindo.”.
        
Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas.
Jeremias 17:9

Todos nós temos sonhos e planos para o futuro. E, na nossa mente, eles são sempre a melhor opção para a nossa vida. Nem sempre é assim; como Olaf nos ensina. Você mesmo (a) deve se lembrar sem muito esforço de antigos desejos que se realizaram só para lhe decepcionar. E deve se lembrar também de coisas que você não aceitava pensar em viver e que se tornaram grandes alegrias.


A liberdade, por exemplo, é algo que todos almejamos. Quando saímos da casa dos pais, aquela sensação de ser dono da própria vida... Mas é nessa hora que muitos veem as desvantagens dessa tal liberdade que o Raça Negra canta.

Pense na figura de Deus, em outro exemplo. Alguns consideram que Deus ditar algumas regras de certo e errado para nós, humanos, é algo autoritário e privativo de liberdade. Algo ruim, restritivo. Mas até que ponto as leis de Deus, descritas na Bíblia, são a nossa salvaguarda de padecer das “liberdades Olafianas” que iriam nos destruir?

Destruir nossa vida, nossa saúde, nossa família, nossa sanidade, nosso bem-estar, nosso respeito próprio e nosso senso de sociedade. Nosso direito acaba quando atinge o direito do outro. Nossa liberdade é dependente das cercas que a lei de Deus e dos homens nos impõem.


SPOILER FINAL. Elsa conseguiu dar um jeito para Olaf sobreviver mesmo no verão. E Deus dá o Seu jeitinho para que possamos nos sentir livres em meio às supostas restrições da liberdade que viver em sociedade nos obriga.

Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais.
Jeremias 29:11

Nosso poder de escolha e liberdade só vai estar seguro do mal quando estiver nas mãos de Deus. Confie não em mim, mas nEle! Se quiser falar conosco sobre como viver isso na prática, escreva um comentário aqui no blog ou na nossa página do Facebook. (https://www.facebook.com/entaoserve)

Não peço que concordem, espero que reflitam!

terça-feira, 27 de junho de 2017

CRENÇAS - 12


CRENÇAS - 12
Airton Sousa - Direto de Florianópolis Paciência

No meu texto anterior, comentei do Kit que recebi - “Bem-vindo à família de Deus” - quando entrei para a igreja. Faltou contar da alegria com que fui recebido e como me sinto feliz em estar lá dentro e estar envolvido em um monte de projetos e com um monte de novos amigos. A igreja é uma comunidade de crentes que confessam que Jesus Cristo é o Senhor e Salvador. É um lugar onde nos juntamos para adorar a Deus, para nos confraternizarmos uns com os outros, para celebrar a Santa Ceia, para servir a humanidade e para pregar o evangelho.


Atualmente, sou o diretor do Departamento de Comunicação da igreja e sou líder do Ministério Jovem - não sei onde eles estavam com a cabeça quando me nomearam para esses cargos. Imagina, um velhinho chato como eu liderando a juventude. Quer saber? Eu nem ligo, eu gosto muito. Talvez eu nem seja tão chato assim. Eu sei que agradeço a cada dia por pertencer ao corpo de Cristo, por fazer parte desta igreja acolhedora.

Muitos veem a igreja como uma instituição falida, uma relíquia irrelevante do passado, ou um clube social de origem humana. Nada disso. A Bíblia apresenta a igreja como uma instituição divina. Cristo é o fundador, Ele considera a igreja como uma noiva pela qual morreu para que pudesse purificar e santificar. Ele dá a vida e sustenta a igreja: “Também te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” (Mateus 16:18).

O próprio Jesus deu a certeza de que estaria presente em cada encontro da igreja: “Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estarei no meio deles.” (Mateus 18:20).


A igreja é o lugar que Deus reservou para um encontro semanal com Seus filhos. Seu nome é louvado e nós somos abençoados. É um encontro fantástico.

Todos nós devemos fazer parte do corpo de Cristo, que é a igreja, e receber o Espírito Santo: “Arrependei-vos e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos seus pecados.". E recebereis o dom do Espírito Santo. A promessa diz respeito a você, aos seus filhos, a todos os que estão longe e tantos quantos Deus, nosso Senhor, chamar.

Eu creio verdadeiramente que a igreja é estabelecida por Deus e acredito que seja um corpo de pessoas chamadas para serem separadas e santas. “Igreja de Deus, a qual ele comprou com seu próprio sangue.” (Atos 20:28) Jesus não morreu para comprar terras e prédios, nem para estabelecer instituições. Ele morreu para comprar nossa alma que estava morta no pecado, e agora somos salvos e temos a esperança da vida eterna.

Eu sei que há problemas, tristezas, algumas decepções, mas nunca estamos sozinhos. Jesus foi crucificado e morto por nós e somos batizados e aceitos em Sua igreja, em Seu nome. Os verdadeiros seguidores de Deus fazem parte da igreja que pertence a Jesus.

É impossível falar sobre a igreja e não comentar sobre a bela canção do cantor Luiz Claudio, “A Igreja”.

Já faz muito tempo eu comprei uma igreja
A preço de sangue, e a preço de dor
Já faz muito tempo enviei o meu filho
Para resgatar o que se perdeu
Já faz muito tempo que estou desejando
Essa humilde entrega de um adorador
Que só se incline ante a minha presença
E não nas ofertas de uma posição
Já faz muito tempo que estou desejando
Que mostre ao mundo a imagem do amor
Que não se confunda entre tanta gente
Que seja distinta como eu sou
Que não se divida como muitas vezes
Entrando em contendas e discussões
Buscando alcançar ser melhor do que o outro
Se no universo o grande eu Sou
Eu quero uma igreja que me dê a glória e procure a união
Eu quero uma igreja que sare o ferido
Que rompa as correntes liberte o cativo
Que aclare a mente que está confundida e que fale a verdade
Eu quero uma igreja que com seu olhar
Mostre a esperança à alma angustiada
Eu quero uma igreja que sare a ferida dessa humanidade
Eu quero um rebanho em que minhas ovelhas
Se sintam seguras e cheias de paz
Onde a palavra seja o alimento
Ai quero morar
Eu quero uma igreja que com seu louvor
Perfume o meu trono dando-me esse lugar
Igreja que saiba fazer diferença entre o bem e o mal
Onde está a igreja que foi perdoada
E libertada do castigo atroz
Aquela que vê o que está caído
E estende a mão e concede o perdão
Igreja, desperta! Chegou o momento da redenção
Eu quero uma igreja que sare o ferido
Que rompa as correntes liberte o cativo
Que aclare a mente que está confundida e que fale a verdade
Eu quero uma igreja que com seu olhar
Mostre a esperança à alma angustiada
Eu quero uma igreja que sare a ferida dessa humanidade
Eu quero um rebanho em que minhas ovelhas
Se sintam seguras e cheias de paz
Onde a palavra seja o alimento
Ali quero morar



Caso você não pertença ainda a igreja, acesse o site www.encontreumaigreja.com.br e venha fazer parte com a gente. A vitória é nossa.
Seremos pedras vivas neste templo e juntos espalharemos a luz a alguém, hoje.

Seja bem-vindo à família de Deus!



segunda-feira, 26 de junho de 2017

FIQUEM CALMOS



“Deus é o nosso refúgio e a nossa força, socorro que não falta em tempos de aflição. Por isso, não teremos medo, ainda que a terra seja abalada, e as montanhas caiam nas profundezas do oceano. Não teremos medo, ainda que os mares se agitem e rujam, e os montes tremam violentamente. Há um rio que alegra a cidade de Deus, a casa sagrada do Altíssimo. Deus vive nessa cidade, e ela nunca será destruída; de manhã bem cedo, Deus a ajudará. As nações ficam apavoradas, e os reinos são abalados. Deus troveja, e a terra se desfaz. O Senhor Todo-Poderoso está do nosso lado; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. Venham, vejam o que o Senhor tem feito! Vejam que coisas espantosas ele tem feito na terra! Ele acaba com as guerras no mundo inteiro; quebra os arcos, despedaça as lanças e destrói os escudos no fogo. Ele diz: “Parem de lutar e fiquem sabendo que eu sou Deus. Eu sou o Rei das nações, o Rei do mundo inteiro.” O Senhor Todo-Poderoso está do nosso lado; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.”

Salmos 46:1-11



domingo, 25 de junho de 2017

LAR


LAR
Pamela Henriques Moreira – Angra dos Reis/RJ

“Medo de morrer a gente tem todo dia”.1


Assim inicia uma matéria que fala do bairro em que vivi toda a minha vida, até eu me casar. Lá tive momentos muito felizes, onde fiz amigos de infância dos quais sinto saudades. Um bairro que tem sofrido muito devido à crescente violência da cidade do Rio de Janeiro, ou melhor, do mundo. Eu diria que Pavuna já foi um bom lugar para se morar, principalmente depois da chegada do metrô, que facilitou bastante a minha vida por anos.

Difícil ter paz em um mundo tão violento. Sinto falta das conversas no portão até altas horas, de andar mais despreocupada, de não ter medo da própria sombra.

“Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará, mas aquele que perseverar até o fim será salvo.” (Mateus 24:12-13)

Se eu não tenho paz e nem tivesse esperança, meu mundo acabaria. Posso ainda não ter a paz que tanto almejo, mas a esperança me mantém de pé. Sigo em frente com a certeza daquilo que me foi prometido: uma vida de paz, sem medo, sem morte (Apocalipse 21:4).

Muitos desconhecem essa mensagem de esperança, muitos nem sabem que há um lugar preparado para nos receber (João 14:2). Tenho fé que um dia teremos paz; Jesus prometeu e Ele sempre cumpre Suas promessas.

São muitas aflições e provações, mas a prova da fé traz perseverança (Tiago 1:3). E como o próprio Jesus disse: “aquele que perseverar até o fim será salvo.”.

Não deixe que os sofrimentos do mundo afastem você de Deus, que corrompam você, que tirem a sua esperança.  Antes, se fortaleça e tenha certeza de que Deus nunca lhe abandonará.

Conheça mais sobre essa esperança, conheça mais sobre Jesus!

Vocês precisam perseverar, de modo que, quando tiverem feito a vontade de Deus, recebam o que ele prometeu; pois em breve, muito em breve “Aquele que vem virá e não demorará. Mas o meu justo viverá pela fé. E, se retroceder, não me agradarei dele. Nós, porém, não somos dos que retrocedem e são destruídos, mas dos que creem e são salvos.” (Hebreus 10:36-39)
 


______________________________

Referência: