sábado, 18 de novembro de 2017

O LEGADO


O LEGADO
Jackson Valoni - Angra dos Reis - RJ

Fiz um discurso em homenagem a Deus na Universidade em que eu estudo. Era minha colação de grau. Chorei, conforme o previsto por mim devido ao histórico de situações semelhantes. 

Fiz o meu pequeno discurso em forma de oração. Eu até quis tentar explicar isso lá na hora, mas não teve como. Antes que eu pudesse dizer qualquer coisa a voz já estava embargada. Também tentei dizer um "Amém" no fim do texto, mas não tive forças.

O discurso foi este:
Se eu pudesse dizer de forma justa e precisa a gratidão que sinto por homenagear um amigo tão especial como Deus, passaria a vida inteira agradecendo. E não seria essa uma bela forma de viver? Afinal, “em tudo dai graças”. I Tessalonicenses 5:18
Há quem duvide que realmente exista Alguém no Céu que se importe com meus agradecimentos tão simples, mas sinceros. “Mas eu ainda tenho muita confiança, pois sei em quem tenho crido...”. II Timóteo 1:12
Meu desejo é que nossos caminhos possam ressoar como inspiração constante, de um pôr do sol a outro, todos os dias. E eu estou bem certo de que “todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, segundo a Sua vontade”. Romanos 8:28
Que Deus nos conduza por bons caminhos, e que Seus planos possam prevalecer sobre nós, “planos de paz, e não de mal, para nos dar um futuro e uma esperança” (Jeremias 29:11). E que a esperança não desfaleça quando, inevitavelmente, injustiças esbarrarem em nossa jornada, que não termina aqui.
Sejamos defensores da ordem, da justiça, dos direitos e principalmente, do legado que o Grande Advogado que está no Céu nos deixou. “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento” e “amarás o teu próximo como a ti mesmo”. Mateus 22:37, 39


Estou pensando na razão pela qual me escolheram para fazer essa homenagem, mas deve ter algum motivo pra isso, e é isso que me instiga. O cristão fala através da vida, mesmo que não abra a boca para falar sobre o Evangelho.

Uma vez um colega da faculdade se espantou quando soube que sou "crente". E eu me espantei com o espanto dele, porque vi o estigma do cristão. O cristão é diferente, mas não se exclui. Ele se abstém de muitas coisas, porque nossa prioridade é o Céu, porque nosso lugar não é aqui. O lugar de ninguém deveria ser aqui.

"Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz." I Pedro 2:9



sexta-feira, 17 de novembro de 2017

ONDE ESTÃO OS GUARDA-CHUVAS?


ONDE ESTÃO OS GUARDA-CHUVAS?
Denize Vicente - Rio de Janeiro - RJ

Esta é uma história antiga e bem conhecida, mas vou contá-la assim mesmo.  

Aquela região precisava desesperadamente de chuva. Não havia mais água nos poços e as plantas estavam completamente ressecadas. O líder de uma igreja local chamou toda a comunidade para uma reunião especial de oração.

Naquela noite a igreja ficou lotada; e uma garotinha foi à reunião de oração levando o seu guarda-chuva.

Todos sorriram ao ver a demonstração de fé da garotinha; mas, alguns minutos depois, quando a chuva chegou, aquela criança foi a única pessoa que não se molhou.

Você pode pensar: O que provocou a chuva? Teria sido a menininha e seu guarda-chuva?

Também pode se perguntar: Ela carregou o seu guarda-chuva para a igreja porque sabia que ia chover?

Sua interpretação da história e a conclusão que vai tirar vão depender, muito provavelmente, da sua compreensão de fé e de como você pensa que a fé trabalha. 


Mas há algo além disso.

Essa é uma boa história para nos lembrar de que é preciso tomar um primeiro passo, quando se tem um projeto, um sonho, um ideal, uma crença. Não adianta crer, planejar, sonhar... e então agir como se tudo fosse continuar do mesmo jeito.

Faça projetos. Acredite. Mas comece logo a fazer o que deve ser feito.

O que as suas mãos tiverem que fazer, que o façam com toda a sua força, pois na sepultura, para onde você vai, não há atividade nem planejamento, não há conhecimento nem sabedoria. 
(Eclesiastes 9:10 - Nova Versão Internacional)

Pois é... vai chegar o dia em que os planos e projetos não terão mais lugar; você terá deixado passar a oportunidade de fazer acontecer. A gente precisa sonhar e acreditar, mas não apenas da boca pra fora...

De que adianta acreditar que vai chover hoje à noite e sair de casa sem levar seu guarda-chuva?

Comece a fazer o que precisa ser feito.
Boa sexta! Feliz Sábado! E uma ótima semana! 




quinta-feira, 16 de novembro de 2017

PELOS SEUS AMIGOS



PELOS SEUS AMIGOS
Carina Baptista - Texas - USA

Oi pessoal, tudo bem com vocês??

Se tem uma coisa que eu gosto de fazer é falar. Não é estranho eu ter escolhido a Comunicação como carreira. Desde quando era pequena tinha muita facilidade de fazer amigos - credito à fala, essa façanha. Começava com um "Oi!" e daqui a pouco eu já tinha contato minha vida toda. Hoje, depois de crescida, o "Oi!" continua; só procuro "contar sobre minha vida" com mais cautela.

Gosto muito de conversar com meus amigos. Posso falar por horas. Conforme vou amadurecendo, o tempo livre para fazer isso se reduz. São tantos afazeres que, geralmente, só consigo me comunicar pelo WhatsApp. Em dias bons, consigo ligar. Tudo é uma correria, prazos, muita tarefas, pouco tempo, ou, pior... tempo mal aproveitado.

Sinto falta de estar sempre com meus amigos - como quando estudávamos, como era nos acampamentos, nas viagens, nos aniversários. Era muito bom! Crescemos e as coisas não são mais como antes e também não poderiam ser. Que bom que crescemos, entramos para a faculdade, começamos a namorar, uns casaram, outros fizeram intercâmbio, outros ainda estão tentando descobrir seu lugar. Mas uma coisa não mudou: o desejo de querer o outro bem, feliz.

É incrível como, mesmo depois de ficar meses sem se ver, bons amigos nunca deixam de ser bons amigos. Saber que o outro está feliz nos deixa feliz. A amizade é um bem precioso, que nem todos têm o privilégio de usufruir. É uma dádiva. Há amigo mais chegado que um irmão, não é verdade?! Quando eu era mais nova, provavelmente trocaria minha irmã por uma amiga (ainda bem que isso mudou e hoje ela é minha amiga também... hehe).

Mas sabe algo que todo amigo deveria fazer por todos aqueles a quem diz amar, por todos os seus amigos? Orar! Pedir para que Deus os guie, os conforte, os proteja, os ilumine, os instrua, dê a eles sabedoria, alegria, força, inteligência, discernimento, paz. Pedir que eles tenham o desejo de ser amigos de Jesus, também.

Não se limite a desejar o bem ou orar pelos seus amigos em datas especiais. Faça isso sempre! Tenho certeza de que esse gesto fará um bem enorme para seu amigo e para você também.         


quarta-feira, 15 de novembro de 2017

SE BEBER, NÃO CASE


SE BEBER, NÃO CASE 
João Octávio Barbosa – Bento Ribeiro City – RJ


O filme “Se Beber, Não Case” é uma comédia americana estrelada por Bradley Cooper, Ed Helms, Zach Galifianakis, Heather Graham, Justin Bartha e Jeffrey Tambor. Ele conta a história de Phil Wenneck, Stuart Price e Alan Garner, que viajam para Las Vegas para uma despedida de solteiro e para celebrar o casamento do seu amigo Doug Billings. No entanto, depois de uma noite insana, Phil, Stu e Alan não têm ideia do que fizeram antes de acordar e devem encontrar Doug antes do casamento começar.¹

Eu escrevo neste blog toda quarta-feira, falando de filmes ou programas de TV populares, trazendo informações para quem ainda não os conhece, e uma visão diferenciada para quem já curtiu. O filme de hoje tem uma escolha toda pessoal...


“Se beber, não case” é sem dúvida um filme muito engraçado. Dizem que o acontece em Vegas fica em Vegas, e esse jargão serve bem para a história. Acontece que ao acordar num hotel de luxo, totalmente “zoneado”, os três amigos percebem algo gravíssimo: o quarto amigo, o mais importante, aquele que ia casar dias depois (como eu, daqui a quatro dias), desapareceu.

E para achar o cara? Uma vez que eles estavam “chapados” na noite anterior, eles encaram muitas aventuras para tentar lembrar o que aconteceu. Tem um bebê perdido, um casamento-relâmpago, problemas com a polícia (e com bandidos), tudo que se possa imaginar. Só não tinham uma coisa: certeza de nada!


Certa vez, em uma viagem de família, os pais se perderam do seu filho único. Imaginando que o garoto estivesse entre seus parentes, começaram a voltar de viagem sem ele, quando então se preocuparam em procurá-lo. Voltaram à cidade onde estavam, e nada! Três dias depois, acharam o menino no Templo da cidade, debatendo de frente com altos sacerdotes. Esse menino era Jesus. Veja o diálogo dele com José e Maria:

E quando o viram, maravilharam-se, e disse-lhe sua mãe: Filho, por que fizeste assim para conosco? Eis que teu pai e eu ansiosos te procurávamos.
E ele lhes disse: Por que é que me procuráveis? Não sabeis que me convém tratar dos negócios de meu Pai?
E eles não compreenderam as palavras que lhes dizia.


SPOILER FINAL. Doug estava no teto. Eles tinham ido pro teto do hotel e de lá Doug não saiu, diferentemente dos demais. Seria fácil achá-lo ali, se eles se lembrassem do que aconteceu na noite anterior. Também seria fácil para os pais de Jesus o acharem na igreja se eles se lembrassem de que ele estaria perto dos assuntos que lhe interessavam como Filho de Deus.

Na maioria das vezes as coisas importantes estão perto da gente, e no lugar exato onde deveriam estar. Nós é que estamos muito atarefados, distraídos ou até chapados demais para lembrar ou perceber onde procurar.

Jesus é seu amigo, e quer ser encontrado com você. Um casamento só é celebrado com festa porque é o encontro de “dois amores”. Se a noiva ama o noivo, mas ele não a ama, não há casamento. Não há festa. Amores não correspondidos não são celebrados. Jesus ama você. Se você não amá-lo de volta, você está perdendo a festa, a celebração, a alegria; você está vivendo um amor não correspondido. Se não sabia disso, agora sabe.

Assim como Doug, ele está lá em cima. Esperando o seu contato. Vá lá buscá-lo!

Não peço que concordem, espero que reflitam!

_________________________________________

Referência:



terça-feira, 14 de novembro de 2017

DEUS ESTÁ NO CONTROLE

DEUS ESTÁ NO CONTROLE
Airton Sousa - Direto de Paciência - Rio

Quem nunca teve um problemão e não conseguiu dormir a noite inteira, acordando de meia em meia hora assustado ou chorando e perguntando: "Por que, ó Pai?”?

Eu passei por isso uma noite. Passei praticamente uma noite inteira orando. Eu sonhava e acordava e levantava na beira da cama e me ajoelhava e angustiado pedia ajuda pra Deus.

Eu morava em São Paulo e resolvi no meio da noite ligar pra minha mãe. Após contar todo o ocorrido ela orou comigo pelo telefone e me disse, antes de se despedir:
- Agora você pode dormir, pois Deus vai ficar acordado para resolver seu problema. E sendo Deus poderoso e capaz de realizar e efetuar, então não é necessário duas pessoas ficarem acordadas. Pode ir dormir tranquilo.

Eu me lembrei dessa história hoje pela manhã. Eu participo de um programa de leitura da Bíblia, chamado "Reavivados por sua Palavra", que consiste na leitura de um capitulo da Bíblia por dia. E a leitura de hoje foi Daniel 2. 

Nabucodonosor, o grande e famoso rei da Babilônia, teve um sonho. Mas ele não se lembra do sonho e acorda perturbado. Então, ele chama todos os profetas e os sábios e os adivinhadores do reino e ordena que eles revelem o sonho e o seu significado. Tarefa difícil, né? E ninguém consegue revelar o sonho. Indignado, ele manda matar todos eles, o que incluía Daniel e seus três amigos Hananias, Misael e Azarias. Os quatro se reúnem e pedem misericórdia ao Deus do Céu, sobre esse mistério. (Daniel 2:17 e 18). E dormem em paz.


A lição pra vida é esta: quando você tiver um problema difícil de resolver, entregue na mão de Deus e descanse nEle. Daniel fez isso. E durante a noite Deus revelou o sonho e a interpretação.

Na verdade, o sonho representava uma linha do tempo na história da humanidade, onde reis e impérios surgem e caem até que venha um grande império mundial que será justo e eterno.

Da próxima vez que você se sentir desesperado com uma situação, não entre em pânico. Não desista. Apenas seja confiante. Deixe Deus lembrá-lo de que Ele ainda comanda tudo e está no controle de tudo. Quando você confia em um Deus grande, seus medos são pequenos.

Vá com fé, vá confiante. É Deus no controle.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

CÉU - PARTE FINAL

CÉU - PARTE FINAL
Eduardo Dudu Santos – Rio de Janeiro/RJ

Certa vez, enquanto eu tocava num musical, ouvi uma pregação na qual o orador contava sobre a constatação de sua filha quando ela se deu conta de que queria o Céu ali, naquele momento. Tem certas situações em que esse pensamento passeia pela minha cabeça também! Mas por que queremos o Céu? Qual nosso principal motivo? Já pensou sobre isso?


Há quem deseje o Céu por saber que lá viverá eternamente; outros, por terem a certeza de rever seus entes queridos atualmente falecidos; ou pela chance de ter um leão de estimação sem o medo de acordar com a cabeça dentro de sua boca. Ou pode ser que o que impressione seja a cidade de ouro e cristal, com portas feitas com apenas uma pérola, ou, ainda, poder voar. Temos que concordar que existem muitos motivos para querer estar lá!

Tempos atrás, fui pego por essa reflexão ao ouvir uma música intitulada “Pode ser”1, de Pedro Valença. Nela, o autor nos leva a meditar na esperança de recebermos uma mansão; mas, diante da possibilidade, diz que “pode ser numa casinha velha, distantes dos amigos. Se não fosse pela eternidade, eu sonho só um dia estar seguro em teu (de Jesus) abraço, ouvir tuas (de Jesus) histórias e acordar com o brilho dos teus (de Jesus) olhos, na certeza que não sobra nada mais pra eu sonhar.”.


Outra música que me põe pra pensar é “O céu é Jesus”2, de Jader Santos. O céu sem dúvida é um lugar impressionante, mas “pra que mar de cristal, sem Jesus? E flores que não murcham, sem Jesus? Pra que viver pra sempre, sem ter a companhia de Jesus?”.


Toda vez que penso nessas músicas eu me lembro de uma definição que eu aprendi em Geometria Descritiva no ensino fundamental. Sabe como eles definem a circunferência? Como o lugar geométrico no qual os pontos equidistam de um ponto central. Viajou?! Vamos mais devagar: a circunferência é formada por muitos pontos um do lado do outro e todos eles têm a mesma distância até um ponto no centro da circunferência. E o mais importante, o detalhe que raramente prestamos atenção, é que se não existir o ponto central, a circunferência não existe!

Eu tenho muitas coisas que eu quero fazer no céu, e ainda bem que tenho a eternidade pra resolver isso, mas com certeza nenhuma delas toma o primeiro lugar da lista de querer conhecer a Cristo - afinal, “primeiro quero ver meu Salvador”3! Em palavras mais claras, se nossa motivação principal para ir ao céu não for conhecer a Deus, precisamos rever nossos conceitos.

____________________________________

Referências:

1-    VALENÇA, P. Pode ser. Disponível em: https://www.letras.mus.br/pedro-valenca/pode-ser/. Acessado em: 09/10/2017.
2-    SANTOS, J. O céu é Jesus. Disponível em: https://www.letras.mus.br/arautos-do-rei/322399/. Acessado em: 09/10/2017.
3-    Hinário Adventista do Sétimo Dia. Disponível em: https://www.letras.mus.br/hinario-adventista-do-7o-dia/primeiro-quero-ver-meu-salvador/. Acessado em: 09/10/2017.