domingo, 31 de julho de 2016

SE VOCÊ CONFIA...




“Em Ti esperam os olhos de todos,
e Tu, a seu tempo, lhes dás o alimento.”
(Salmo 145:15)
 
"Se você confia em Deus e parte para a batalha e, apesar disso, as coisas não saem como quer, tenha paciência, coloque os olhos em Jesus espere o tempo dEle. Ele virá. Na hora certa.  Nem antes, para que você não se deslumbre, nem depois, para que seus inimigos não caçoem de sua fé. O êxito não é uma meta para você alcançar. É um processo que envolve confiança em Deus, luta, esforço, lágrimas, aparentes derrotas e, acima de tudo, paciência."
(A. Bullón - Janelas para a Vida - Ed. CPB - pp.163 e 164)


Vem aí uma nova semana.
Confie! Bons dias!

sábado, 30 de julho de 2016

SALMOS 34

Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor de todas o livra. 
Salmos 34:19


Muita gente idealiza a felicidade e, na sua imaginação, felicidade é uma vida sem problemas. Mas todas as roseiras têm rosas e espinhos, e assim como não há noite sem o dia, as tristezas terminam convivendo com a alegria, nesta vida.


O grande lance é descobrir que é possível ser feliz mesmo quando existem aflições e dificuldades, na vida; é preciso saber administrar. Entender isso que está nos versos do Salmo 34 pode ser o começo de uma vida bem vivida, uma nova dimensão na vida que você vive: “Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor de todas o livra.”.

Repita como Davi:

Eu pedi a ajuda do Senhor,
e ele me respondeu;
ele me livrou de todos os meus medos. (v. 4)
Eu, um pobre sofredor, gritei;
o Senhor me ouviu
e me livrou das minhas aflições. (v. 6)

Saiba que:
O Anjo do Senhor fica em volta
daqueles que o temem
e os protege do perigo. (v. 7)


Procure descobrir, por você mesmo,
como o Senhor Deus é bom. (v. 8)

Bom dia, mas bom dia mesmo!
Feliz Sábado, mas feliz mesmo!

sexta-feira, 29 de julho de 2016

EU JURO

EU JURO

Por Denize Vicente

- Juro por Deus!
- Juro minha mãe mortinha!
- Jura??
- Eu juro por tudo o que é mais sagrado.
- Juro pela minha santinha.
- Juro de pés juntinhos!
- Juro!

Você já ouviu por aí tudo isso. Você já até jurou assim, talvez.
Quando eu era criança a gente dizia: “Quem jura, mente.”, mas o coleguinha cruzava os dedinhos na frente da boca, dava um beijinho, cruzava do outro lado e dava outro beijinho, e repetia a jura pra provar que era sério e não estava mentindo. Éramos crianças. E jurar era coisa séria.

Eu detestava quando alguém dizia “juro minha mãe mortinha”. Eu achava um desrespeito. E um perigo. Era como aquela história do chinelo virado... - ou você nunca ouviu dizer que “chinelo virado a mãe morre”? Por via das dúvidas, nunca se deve mexer com a nossa santa e amada mãezinha, nem de brincadeira, nem nos juramentos, e jamais se deve arriscar essa coisa do chinelo. Jurar pela mãe é sério demais! 


As crianças juram (os adultos também) quando querem fazer o outro crer naquilo que dizem, no que estão prometendo, no que afirmam que vão fazer. Um juramento é uma promessa. E a ideia de que “quem jura, mente” talvez tenha vindo de uma interpretação um pouco estreita de um verso bíblico escrito por Tiago, irmão de Jesus: “Acima de tudo, porém, meus irmãos, não jureis nem pelo céu, nem pela terra, nem por qualquer outro voto" (Tiago 5:12). Até porque Jesus tinha dito a mesma coisa: "De modo algum jureis; nem pelo céu... nem pela terra..." (Mateus 5:34-35).


A História conta que os escribas e fariseus - aquele pessoal do tempo de Jesus, que, em sua maioria, não era bem um modelo de como um seguidor de Cristo deve viver -, haviam desenvolvido um sistema de juramentos bem “interessante”... Era mais ou menos assim: se um juramento fosse feito de determinadas maneiras, ele não precisava mais ser considerado como válido nem obrigatório. Tipo assim: se alguém dissesse “eu juro pelo ouro do templo de Jerusalém”, tinha a obrigação de cumprir a jura; mas se dissesse “eu juro pelo templo de Jerusalém”... Ahahaha! Imagine! O juramento poderia ser quebrado de consciência limpa e tranquila.

A gente também tem um jeitinho brasileiro, não tem? Fazer uma promessa de dedos cruzados significa o quê? Pois é... obrigação “zero” de cumprir a promessa. Mas, vamos combinar, a gente geralmente faz isso de brincadeira. Naqueles tempos os escribas e os fariseus faziam isso à vera. Era um joguinho de palavras que era feito e levado a sério, e se fosse usado era capaz de anular os juramentos.


Foi isso o que Jesus Cristo criticou e Tiago reafirmou. Ora, bolas! Os caras juravam pelo ouro do templo e tinham que cumprir a promessa; mas quando juravam pelo templo podiam quebrar o juramento, de boa. Que malandragem! Que contradição! O ouro do templo era mais sagrado que o próprio templo?  “Insensatos e cegos! Pois qual é maior: o ouro, ou o templo, que santifica o ouro?” (Mateus 23:17)

Então eu acho que você entendeu onde Jesus Cristo queria chegar, quando disse lá no Sermão da Montanha (Mateus 5): “nem pelo céu… nem pela terra… nem por Jerusalém… nem jurarás pela tua cabeça”. Pelo céu, pela terra, por Jerusalém, pela própria cabeça, eram as formas falsas de juramento que os escribas e fariseus haviam criado, aqueles joguinhos de palavras. “De maneira nenhuma jureis...” desse jeito torto, com base nesse sistema de juramentos falsos...

“Temam o Senhor, seu Deus, sirvam somente a ele e jurem só pelo nome dele. (Deuteronômio 6:13). Os escribas e fariseus, malandrinhos, pra não terem que jurar falsamente pelo nome de Deus, juravam (falsamente) pelo céu, pela terra, por Jerusalém, pela própria cabeça!

E agora vamos lá pra onde eu quero chegar: sabe o que Deus quer da gente? Que a gente leve a sério as promessas que faz; que a gente não engane; que a gente diga “sim” quando for “sim, e “não” quando for “não” (Mateus 5:37) e não fique fazendo joguinho de palavras...

Porque Deus leva a sério as promessas que faz. E Ele quer que a gente também seja assim.

Do Senhor é a terra e tudo o que nela existe, o mundo e os que nele vivem; pois foi ele quem a estabeleceu sobre os mares e a firmou sobre as águas. Quem poderá subir o monte do Senhor? Quem poderá entrar no seu Santo Lugar? Aquele que tem as mãos limpas e o coração puro, que não recorre aos ídolos nem jura por deuses falsos. Ele receberá bênçãos do Senhor, e Deus, o seu Salvador, lhe fará justiça.” (Salmo 24:1-5)

Pode dizer que jura por Deus.
Mas trate de levar a sério o seu juramento.
Porque se você estiver de mãos limpas e coração puro Ele vai encher a sua vida de bênçãos, e lhe fará justiça.
Não é lindo, isso?


quinta-feira, 28 de julho de 2016

FORA DA LISTA

FORA DA LISTA
Por Carina Baptista

Oi pessoal, tudo bem??

Uma das coisas mais difíceis para quem está organizando uma festa, acredite, é fazer a lista de convidados. Pode perguntar a uma noiva ou a uma mãe que precisa selecionar um número, geralmente pequeno, de pessoas para participar de seu casamento ou festinha.

É difícil ter que escolher e ter que conviver com a escolha. Existem, na internet, diversos sites que ajudam no “processo de eliminação de convidados”. Um deles diz, para casamentos: a pessoa participou da vida do casal de alguma forma? Ela esteve presente em momentos importantes? Ela vai fazer falta? Se sim, convide! O princípio para a escolha dos convidados de uma festa infantil é o mesmo: se a pessoa faz parte da vida da criança e/ou dos pais: convide.


Infelizmente, nem todo mundo entende e o fato de ficar fora da lista causa tristeza e, às vezes, até amizades são desfeitas. A verdade é que ninguém quer ficar de fora e quando os motivos não são, a nosso ver, convincentes, ficamos frustrados: “Como fulano não me convidou e convidou sicrano!?”. Ah! Quanta energia perdida por isso!

Depois de certo tempo a gente entende que a melhor coisa que tem é aproveitar e ficar feliz com as pessoas que querem e valorizam a nossa companhia. Pessoas para as quais somos importantes e não um convite que sobrou ou “mais um nome da lista”. Eu tenho uma amiga, por exemplo, que sempre que eu saio da festinha da filha dela (que é minha princesa) já me convida para o próximo ano. É praticamente nosso encontro anual. Mas sabe o que é mais legal? É como se nada estivesse diferente e a gente se visse todo dia.

Mas, Cah, por que você está falando sobre isso?

Eu estava conversando com uma amiga que não foi convidada para uma festinha e que ficou triste por isso. Falei com ela sobre a crise que nosso país está passando e, mesmo que não estivesse... gente, não é todo mundo que pode fazer festa para todos os amigos do Facebook, né?!

Enquanto ela falava, eu pensei numa festa que tem a lista liberada para cada um escrever seu nome nela. Uma festa para a qual não somos escolhidos, mas nós escolhemos estar. Uma festa onde não importa se somos ricos ou pobres, plebeus ou nobres, se temos muitos ou poucos amigos... nada disso importa. Apenas uma coisa importa: se amamos o anfitrião. Amar de tal forma que as coisas no mundo começam a perder a graça!

O salão de festas terá chão de ouro, o portal será de pérolas, as pessoas estarão verdadeiramente felizes, a comida será maravilhosamente saudável e o dono da festa estará radiante em receber cada um que aceitou seu convite!

Acho que você já sabe que festa é essa! A festa que está nos esperando no céu, com nosso irmão mais velho, Jesus, nosso Pai e nosso Conselheiro Espírito Santo! Será a melhor festa do Universo de todos os tempos! As instruções de como chegar estão na Bíblia e o traje é um coração puro!

Nessa festa eu faço questão de estar. E você?
        
Um beijo e até semana que vem!

__________________________

Referência:

Apocalipse 21

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...