sexta-feira, 31 de julho de 2015

ESPELHO, ESPELHO MEU...


ESPELHO, ESPELHO MEU...
(Por Denize Vicente)

"Conta Camille Fiaux a história de um jovem que, decepcionado em seus amores, entregou-se a uma tristeza sem fim, lamentando-se, definhando, considerando-se o mais infeliz dos homens. Certa noite, quando sozinho se entregava a lamentações sobre o mundo e a humanidade em geral, apareceu-lhe um anjo, e lhe deu um espelho.
- Este espelho é como o mundo, que você tanto acusa: ele reflete a imagem que lhe é apresentada. Olhe-se! Sorria! E veja se o espelho não lhe dá também um sorriso!
O anjo fez depois o jovem prometer que, todas as manhãs, sorriria para o espelho, e se esforçaria para conservar esse sorriso o resto do dia. O moço cumpriu o prometido. Dentro em breve tornou-se outro, alegre, querido de todos, e não tardou que um novo amor viesse ocupar o lugar do primeiro..."
(Clarice Lispector in Correio Feminino – Editora Rocco)

Ver cor e alegria nas coisas tem muito mais a ver com a nossa própria postura diante do mundo do que, realmente, com aquilo que acontece lá fora. Diz a sabedoria popular que se a única ferramenta que você tem é um martelo, ou se você só sabe usar martelo, tudo no mundo começa a se parecer com um prego. Recebemos aquilo que oferecemos e enxergamos aquilo que os nossos olhos veem, porque o mundo é um espelho; mas esquecemos que o que vemos é o que somos. Se deixarmos de lado as lamentações, o preconceito, o egoísmo e a invejinha, se abandonarmos a dureza das palavras, a arrogância e a indiferença, o mau humor, a maldade, se encostarmos o martelo num canto... veremos alegria, aceitação e respeito, altruísmo e solidariedade, no mundo, veremos humildade e gentileza, sorrisos e afeição, bondade e amor.

“Cada um de nós deve agradar ao seu próximo para o bem dele, a fim de edificá-lo."
(Romanos 15:2 – Nova Versão Internacional)


“Façam aos outros o que querem que eles façam a vocês;
pois isso é o que querem dizer a Lei de Moisés e os ensinamentos dos Profetas."

(Mateus 7:12 – Nova Tradução na Linguagem de Hoje)


Desejo a você belíssimos dias. E que o meu e o seu espelho reflitam sempre o nosso melhor. Que o mundo seja contagiado por nós com o bem que queremos ver por aí.



quinta-feira, 30 de julho de 2015

O SOL ESTÁ CHEGANDO!

O SOL ESTÁ CHEGANDO!
(Por Carina Baptista)

Oi, pessoal, tudo bem com vocês??

Estamos no inverno, embora na maioria dos dias, aqui no Rio de Janeiro, não pareça. Esta estação tem como característica dias mais curtos, frios e nublados. Eu gosto do inverno, tem seu charme, mas acredito que a maioria das pessoas prefere um dia com céu azul, poucas ou nenhuma nuvem, sol ameno e uma brisa fresquinha. Enquanto escrevo este texto, olho pela janela e é exatamente esse o cenário que vejo - o dia está realmente lindo!

Mas nem sempre é assim...
Da mesma forma que o tempo muda, ora faz sol ora ele vai embora, na nossa vida, às vezes, estamos felizes e, às vezes, tristes. Há algumas semanas eu estava bem triste. Conversando com uma amiga que estava me dando dicas de Inglês, ela me apresentou u’a música que entrou para a minha lista de "músicas preferidas da minha vida": The sun is rising, da Britt Nicole.

Ela fala sobre aqueles momentos em que não conseguimos olhar através dos problemas, momentos em que parece que tudo está dando errado, você sente seu coração quebrar, o futuro que tinha planejado começa a desmoronar, tudo que você tinha de mais precioso não tem mais, e a esperança fica cada vez mais fria, um inverno. Sentimento de impotência, dúvida, fraqueza. Você se vê tão frágil que a única coisa que consegue pensar é que não vai conseguir passar por aquilo.

Mas a música também fala onde podemos conseguir forças para passar por essa escuridão. Ela diz que "o sol está chegando"; que o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã. O sol está chegando! E é realmente revigorante saber que Deus quer ser esse Sol em nossa vida.

Sabe, há uma promessa para aqueles que acreditam, que esperam. Precisamos levantar os olhos para ver, como diz a canção. Levantar, porque nossas forças vêm do alto; e quando nos entregamos a esse poder, vemos pequenos e grandes milagres acontecer!

Espero que você goste da música e que ela lhe faça bem, assim como fez para mim.

"Você vai conseguir / a noite só vai durar por um tempo / o sol está chegando."

Um beijo e até semana que vem!


Referência:

“The sun is rising” - Britt Nicole. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=uhub3Y559KU – acessado em 22/07/2015.



quarta-feira, 29 de julho de 2015

PP, P, M, G OU GG?

PP, P, M, G OU GG?
(Por Eduardo Santos)

"Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome". (Mateus 6:9)

Interessante, a forma como Cristo inicia o modelo de oração que está ensinando a seus discípulos. Como em todas as coisas, ou em quase todas, a forma como se começa define muitas coisas, e, creio eu, Ele teria uma lista de motivos para iniciar desse modo.

A clara exaltação ao Deus do universo na afirmativa "santificado seja Teu nome" me faz pensar em alguns trechos bíblicos que nos ensinam a verdadeira realidade sobre Deus: "Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão." (Êxodo 20:7) e "Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá." (Gálatas 6:7) Mas devo dizer que nenhum desses textos que citei acima toma o lugar da história contada em Êxodo 19 e 20, mais especificamente de 19:16 até 20:19. Quando leio esse momento da história do povo de Israel consigo ter ideia do que é a santidade de Deus.

Leia o relato inteiro e foque no versículo 19 do capítulo 20. As demonstrações do poder de Deus eram tamanhas que o monte onde Ele havia se manifestado quase se desfazia, ao ponto de o povo solicitar que apenas Moisés permanecesse na presença de Deus. Nessa história também vemos que Deus é um ser tão santo que nós, em nossa pecaminosidade, seríamos consumidos diante de Sua presença.

Apesar disso tudo, há um aspecto discreto na oração do Pai Nosso. Já de início, somos apresentados a um conceito de graça que transcende nossos parâmetros de medida, pois, mesmo sendo pecadores, temos acesso a esse Deus tão santo. Mais do que isso: podemos chamá-lo de pai; e se temos essa permissão, é porque Ele nos considera Seus filhos (João 1:12).

Isso é graça! Um Ser santo que nos recebe sem merecermos, nos considera Seus filhos. O que mais me impressiona nesse assunto é que tem pra todos os tamanhos, mas o mais importante de tudo é que, independentemente da nossa necessidade de graça, ela sempre sobra!
Vou lhe contar um segredo: ela é nossa, só precisamos pedi-la.

Abraços.

terça-feira, 28 de julho de 2015

O SEGREDO

O SEGREDO 
(Por Airton Sousa)


Hoje eu quero falar pouquinho, também. Acabei de fazer minhas orações e já estou trabalhando na minha lojinha, com meu pequeno comércio. Essa história de lojinha e comércio teve início quando descobri que meu plano A falhara e agora tinha que pôr em prática o plano B. Mas como começar um plano sem nada nas mãos? No texto de hoje, fiz um resuminho das coisas que já escrevi por aqui em posts anteriores, e também gostaria de apresentar algumas estratégias e o segredo de como fazer seu plano A virar plano B.

Em abril deste ano comecei o meu projeto especial “Quarenta dias de oração”. Foi numa época em que tudo havia falhado e eu não tinha mais para onde ir; quando os planos deram errado a minha mãezinha disse: “Vamos orar.”.
"Quando não sei pra onde ir, vou para os meus joelhos.

E eu comecei a orar, pois não tinha mesmo pra onde ir.
Já orou? Então pode dormir agora, porque Deus vai ficar acordado para resolver seu problema. Não é necessário que duas pessoas fiquem acordadas.

No segundo dia de oração veio a ideia que possibilitaria o plano B. No terceiro dia veio a resposta totalmente positiva e, inclusive, com os recursos financeiros que eu havia pedido a Deus no dia anterior.
Amo o Senhor, porque Ele ouve a minha voz e as minhas súplicas. Porque inclinou para mim Seus ouvidos, invocá-lo-ei enquanto eu viver.” (Salmo 116:1, 2)

Nos primeiros dez dias de oração eu já estava totalmente convicto. Eu não tinha mais dúvidas de que Deus estava por trás dos meus planos e projetos.
Peça a Deus que abençoe seus planos e eles darão certo.” (Provérbios 16:3)

O projeto era pra durar quarenta dias; nós oramos durante sessenta e sete dias ininterruptos e hoje, dia em que escrevo este post, fizemos o último culto desse projeto.

Nestes dias eu descobri o segredo e tenho compartilhado com todos os meus amigos e leitores. O segredo é a oração. Quando estabelecemos corretamente nossas prioridades, dando o melhor a Deus, podemos ficar seguros de que Ele pode nos conceder os desejos do nosso coração, porque Seus desejos são os nossos desejos.
“Buscai em primeiro lugar o reino de Deus e todas as demais coisas serão acrescentadas”. TODAS.


segunda-feira, 27 de julho de 2015

PERFEIÇÃO



PERFEIÇÃO
(Por Pamela H. Moreira)

"Se todas as pessoas neste mundo fossem narcisistas, não haveria inveja."

Vasculhando minha conta do Facebook, encontrei a pérola acima publicada por mim em 2012. Na época, era uma brincadeira entre amigos, mas confesso não me lembrar do motivo nem mesmo da origem da frase. A ideia não parece tão ruim se a gente pensar só na inveja... mas, e quanto à arrogância em virtude da extrema vaidade? Acabar com a inveja, substituindo-a por arrogância? Uma qualidade acompanhada de um defeito. Sei não!

Napoleão Bonaparte, falando sobre Jesus, disse uma vez: “Alexandre, César, Carlos Magno e eu fundamos impérios, mas em que se fundamentam as criações de nosso gênio? Na força. Somente Jesus Cristo fundou um império com base no amor, e neste exato momento milhões de pessoas morreriam por Ele" e continuou: "Só Cristo conseguiu conquistar de tal maneira a mente e o coração dos homens que para Ele não há barreiras de tempo nem de espaço. Pede o que o filósofo em vão busca de seus adeptos, o pai de seus filhos, a esposa do esposo; pede o coração... O maravilhoso é que Seu pedido é atendido! Todos os que sinceramente creem em Cristo experimentam esse amor sobrenatural para com Ele, fenômeno inexplicável, superior a possibilidades humanas... Isto é o que mais me surpreende; o que me faz meditar com frequência; o que me demonstra, sem dúvida alguma, a divindade de Jesus Cristo.”. 1

Ahhhh, o amor! Procurei definição de amor no dicionário e uma delas foi: "Sentimento que induz a aproximar, a proteger ou a conservar a pessoa pela qual se sente afeição ou atração; grande afeição ou afinidade forte por outra pessoa.".2 De todas as definições, gosto muito daquela descrita no Salmo 136 - por Seu amor durar para sempre, Deus faz muito por nós, nos protege, nos abençoa, é misericordioso. Dentro de meu limitado entendimento, consigo enxergar o quão distantes estamos de sentir um amor tão genuíno. Imagine nós, que temos dificuldades de desculpar um amigo por uma brincadeira sem graça, perdoarmos “todos os pecados do mundo”!3 

Gosto de falar do amor de Jesus por nós, não porque sou grande entendedora desse sentimento, mas porque toda a Sua palavra é baseada nisso. Vejo amor na Criação, em Seus ensinamentos, Suas leis e mandamentos, Sua morte, tudo é amor, pois Ele é amor4 e essa qualidade não vem acompanhada de defeito.

"E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição."
Colossenses 3:14

_____________________________________________
Referências:

1 - CHAIJ, Enrique. Ainda Existe Esperança: a solução para os problemas da vida, página 16, 1º edição, Tatuí, Casa Publicadora Brasileira, 2010 
3 - I João 3:5
4 - I João 4:8